We Start Wars, banda de Nita Strauss (Alice Cooper), lança primeira música

“The Animal Inside” marca a estreia de banda formada só por mulheres; entre elas está a guitarrista do Alice Cooper

We Start Wars, banda de Nita Strauss e integrantes do Femme Fatale e Vigil of War | Foto: divulgação
We Start Wars, banda de Nita Strauss e integrantes do Femme Fatale e Vigil of War | Foto: divulgação

“Uma frase que ouvi anos atrás e que me marcou: ‘algumas das maiores guerras da história foram travadas por causa de mulheres bonitas'”, explicou a guitarrista Nita Strauss (Alice Cooper) o que motivou o batismo da nova banda, We Start Wars, que ainda conta com Seana (vocal, também conhecida por Shauna Lisse), Alicia Vigil (baixo, Vigil of War), Nicole Papastavrou (guitarra), Katt Scarlett (teclado, Femme Fatale) e Lindsay Martin (bateria).

“Eu sempre fui fascinada pela ideia de guerreiras, alguém que luta as próprias batalhas e não dá a mínima pra ninguém, e igualmente impressionada pelo conceito de que o amor de uma mulher, ou a defesa de sua honra, seria motivo para pessoas colocarem as próprias vidas, e a de outras pessoas, em risco. A história mais famosa, que logo vem à mente das pessoas, foi, é claro, ‘a face que lançou mil navios’, Helena de Tróia. Mas também teve a Cleópatra e Marco Antônio, a invasão de Átila em Roma, Ricardo Coração de Leão resgatando a irmã Joana durante as cruzadas, a traição do General Wu Sangui – que levou a queda da Dinastia Ming nos anos de 1600 -, além do levante dos Celtas contra o Império Romano em 60 AC. E a lista continua. Então essa é a história por trás do nome We Start Wars, e não representa apenas as batalhas que a mulher luta diariamente, mas também aquelas que aconteceram por causa delas no curso da história”, comentou Strauss.

A banda, que fez sua estreia ao vivo no último dia 25 de maio no tradicional Whisky A Go Go, na Califórnia, apresenta sua primeira música, “The Animal Inside”, que pode ser ouvida abaixo.

Sioux 66 banner

Últimas notícias

The Secret Society 300

Leia também

Comentários

comentários