Ritchie Blackmore aceitaria fazer um show com o Deep Purple

Seria apenas uma apresentação, pelos fãs e para mostrar que não existe inimizade entre a banda e o guitarrista

Ritchie Blackmore gostaria de reviver mais uma vez formação clássica do Deep Perple, exceto pelo falecimento do tecladista Jon Lord | Foto: reprodução
Ritchie Blackmore gostaria de reviver mais uma vez formação clássica do Deep Perple, exceto pelo falecimento do tecladista Jon Lord | Foto: reprodução

Ritchie Blackmore voltou a afirmar que estaria disposto a fazer um show com o Deep Purple, antes que a banda encerrasse atividades.

Co-fundador do grupo, foi peça fundamental de riffs e composições de grandes clássicos e, entre idas e vindas, deixou o Deep Purple em 1993 e nunca mais voltou. No ano seguinte, Steve Morse assumiu a posição, a qual mantém até hoje, com seis álbuns de estúdio gravados.

Como parte do documentário incluído no recém-lançado CD e DVD “Memories In Rock II”, do Rainbow, Blackmore foi questionado sobre a possibilidade de se reunir com seus antigos colegas de banda.

“Eu gostaria de fazer um, talvez um, show com o resto do Deep Purple, apenas para provar que não nos odiamos”, disse Ritchie. “Fazer isso e pornto, apenas um show para todos os fãs do Deep Purple que gostaram da Mark II. Essa foi a minha ideia no começo, mas quando você inicia conversas com os managements do Deep Pruple, fica complicado, pois eles querem dinheiro para isso e aquilo, então não é como se você ligasse para seus velhos amigos e dissesse: ‘Ei, vamos apenas tocar e nos divertir, há muitos fãs que querem nos ver’. Uma vez que os gerentes, agentes e promotores se envolvem, fica tão complicado que todos ligam de volta e dizem: ‘É muito complicado’. Então, eu não me importaria de fazer um show com todos os caras antigos. Um e ponto final, apenas para os fãs. Não é algo que eu precise fazer, mas não me importo em fazer isso para mostrar às pessoas que nós ainda somos amigos. Hoje somos mais velhos e com o falecimento de Jon [Lord, tecladista do Deep Purple], você nunca sabe quem será o próximo a partir. Apenas uma reunião amistosa. Mas como você deve saber, neste negócio nada funciona em torno da amizade, é tudo sobre dinheiro e negócios. E, infelizmente, teríamos que lidar com pessoas que iriam ganhar dinheiro com o negócio. Isso é sempre um problema.”

Questionado sobre seu relacionamento conturbado com o vocalista Ian Gillan, Blackmore disse: “Eu gostei em um nível físico – eu gostava de brigar com ele, e ele gostava de brigar comigo. Eu jogaria espaguete na cara dele e ele me socaria. Isso é tudo muito bom. Acho que devemos fazer mais esse show e pegar um monte de espaguete e jogar tudo um sobre o outro.”

Brincadeiras à parte: “Eu acho que seria bom do ponto de vista nostálgico apenas mostrar que podemos fazer isso de novo, como a banda antiga. Obviamente, Steve Morse é o guitarrista do Deep Pruple, um guitarrista fantástico, e é bom ele estar na banda. Isso seria apenas um show. Lógico que  eu não retornaria para a banda, eles não me aceitariam. Isso está fora de questão. Seria um show e, esperançosamente, divertido. Mas conhecendo Ian e eu, nós provavelmente começaríamos a brigar.”

Anteriormente Blackmore sugeriu que foi o empresário do Deep Purple que o impediu de se juntar a seus ex-companheiros de banda no palco durante a cerimônia de posse do Rock And Roll Hall of Fame, de 2016, e ele usou isso como justificativa para não participar do evento.

No ano passado, Ian Gillan disse que não aconteceria uma reunião com Blackmore pois, segundo ele “a chuva parou e o sol apareceu” no Deep Purple depois da saída do guitarrista. Também comentou sobre as recentes performances do guitarrista depois de ter reativado o Rainbow, dizendo que Blackmore “não toca mais rock and roll como costumava.”

“Memories In Rock II”, do Rainbow, foi lançado no dia 6 de abril via Minstrel Hall e Soulfood.

Conteúdo relacionado:
– Ritchie Blackmore confirma que convidou Glenn Hughes para o retorno do Rainbow
– Rainbow disponibiliza ‘Waiting For A Sign’, primeiro single em mais de duas décadas
– Ritchie Blackmore diz que atual formação é a melhor na história do Rainbow
– Rainbow lança música inédita após mais de duas décadas, ouça aqui
– Ritchie Blackmore’s Rainbow lançará álbum ao vivo “Live In Birmingham 2016”

Banner DreamHost

Últimas notícias

SIGA O ROCKARAMA

33,669FãsCurtir
9,268SeguidoresSeguir
446SeguidoresSeguir

Leia também

Comentários

comentários