Planejamento para plataforma de streaming para TV no Facebook ganha força

Plataforma de streaming para TV no Facebook terá diferenças com competidores como Netflix e Hulu, tendo como focos iniciais reality shows, sitcoms, dramas e comédia, numa faixa etária alvo de 17 a 30 anos

Plataforma de streaming para TV no Facebook tem foco em conteúdo jovem e "leve" | Foto: divulgação - Facebook
Plataforma de streaming para TV no Facebook tem foco em conteúdo jovem e "leve" | Foto: divulgação - Facebook

O Wall Street Journal relatou vários detalhes do planejamento para uma plataforma de streaming para TV no Facebook.

A primeira empreitada de série original foi programada para ser lançada ainda neste ano e terá o tempo de execução e o orçamento compatíveis com uma produção de TV a cabo. Os episódios de trinta minutos incluirão anúncios, e o Facebook está disposto a pagar até 3 milhões de dólares por capítulo para shows centrais.

A gigante da internet também estaria interessada em programação voltada para sitcom com orçamentos na faixa de seis dígitos por episódio, além de ter assinado no início deste mês acordos para conteúdo curto (duração média de 10 minutos) de parceiros como ATTN, Vox Media e BuzzFeed.

Fontes indicam que o Facebook visa atingir uma faixa etária de 13 a 34 anos, com foco em 17 a 30, e que a empresa estaria interessada em ações próprias em reality shows como “The Bachelor”, dramas como “Scandal” e uma grande série de comédia, mas não se envolveria, pelo menos por enquanto, com conteúdos para adolescentes, nem “dramas políticos, notícias ou shows com nudez e linguagem carregada”.

O “Strangers”, da Refinery29, que estreou no Sundance em janeiro, é um dos primeiros shows a estrear na plataforma, ao lado de um revival para “Loosely Exactly Nicole”, da MTV, que foi cancelado pela Viacom após uma temporada. “Last State Standing”, um reality show de competição (dos produtores do “American Ninja Warrior”), também foi anunciado no início deste mês.

O Facebook ainda compartilhará a receita de anúncios com criativos que contribuam com o conteúdo curto. E, diferentemente da maneira como concorrentes online como Netflix e Hulu têm feito negócios, também abrirá seus dados de audiência para “Hollywood”, potencial parceria de produção.

Sioux 66 banner

Últimas notícias

SIGA O ROCKARAMA

33,630FãsCurtir
9,268SeguidoresSeguir
440SeguidoresSeguir

Leia também

Comentários

comentários