Paul Stanley explica por que o Kiss registrou a marca “The End Of The Road”

Solicitação da banda para o registro da frase tem deixado os fãs em alerta

"The End Of The Road" deverá ser usado quando o Kiss decidir iniciar uma nova turnê de despedida | Foto: divulgação
"The End Of The Road" deverá ser usado quando o Kiss decidir iniciar uma nova turnê de despedida | Foto: divulgação

Os fãs do Kiss têm especulado bastante a possibilidade da banda embarcar em breve numa turnê de despedida, e o registro de marca da frase “The End Of The Road” (“O fim da estrada”) é uma das razões. Uma aplicação da banda foi arquivada em 8 de fevereiro no Escritório de Patentes e Marcas dos Estados Unidos e, se aceito, significa que o Kiss poderia usá-lo em conexão com “apresentações ao vivo por uma banda musical”.

Até o momento nada foi anunciado, mas a movimentação entre membros e ex-membros do Kiss tem sido muito peculiar atualmente. Gene Simmons, vocalista e baixista, está cada vez mais próximo dos ex-colegas guitarristas Vinnie Vincent, Bruce Kulick e Ace Frehley, este último que, por sua vez, esteve recentemente no Spitfire Studio junto com o baterista Eric Singer. Já Paul Stanley, no último dia 9 de março, fez uma apresentação supresa no Sunset Tower Hotel, em West Hollywood, Califórnia (EUA), junto com Tommy Thayer (atual guitarrista do Kiss), Jason Scheff (baixo, Chicafo) e Matt Starr (bateria, Mr. Big). E estes são apenas alguns exemplos do mês de março!

Uma coisa é fato: o baterista Peter Criss continua aposentado desde o ano passado. Mas toda essa movimentação faria qualquer fã pensar que existe algum plano de reunir todos os músicos vivos que passaram pela banda. Infelizmente perdemos o baterista Eric Carr em 1991 e o guitarrista Mark St. John em 2007.

Perguntado pelo jornalista Michael Cavacini sobre o registro de “The End Of The Road”, Paul Stanley disse: “Não é a primeira marca registrada arquivada. Achei que era um nome fantástico, e fiquei surpreso por ninguém ter usado isso antes. Queria ter certeza de que, quando a usássemos, e imagino que haverá uma hora que o faremos, ela será nossa. Quando quisemos sair em turnê usando o nome ‘Hottest Show On Earth’ a Ringling Bros. veio até nós e disse que não poderíamos. Isso fez um sino soar na minha cabeça, pois sempre tivemos slogans ou apelidos que são sinônimos do Kiss, esse era um deles. Tudo acaba uma hora, de uma forma ou de outra. Quando for a minha vez, quero sair com estilo. Então, quando tive essa idéia, pensei que deveríamos nos certificar e já deixarmos isso amarrado.”

Há quase duas décadas, no ano de 2000, o Kiss fez a sua “turnê de despedida” e a banda nem de longe acabou depois disso. Tempos mais tarde, Stanley disse que a tumultuada “Farewell Tour” nada mais foi que uma tentativa de “colocar o Kiss fora do sofrimento”, após anos de egos em choques e desentendimentos sobre créditos de composição entre os membros originais da banda.

Tanto Stanley quanto Simmons são declaradamente apoiadores da ideia de que um dia o Kiss possa continuar sem eles, como se fosse uma equipe de esportes, cujos jogadores entram e saem mas a marca continua. Enquanto nada é dito e “The End Of The Road” não for usado, basta observarmos quais serão os próximos passos da banda.

Tópicos relacionados:
– Vinnie Vincent e Gene Simmons reunidos para a “Vault Experience”
– Entrevista | Kiss: o baú de segredos de Gene Simmons
– Entrevista | Bruce Kulick relembra “Revenge”, do Kiss

A atual formação do Kiss: Gene Simmons, Tommy Thayer, Eric Singer e Paul Stanley | Foto: Brian Lowe © KISS Catalog Ltd
A atual formação do Kiss: Gene Simmons, Tommy Thayer, Eric Singer e Paul Stanley | Foto: Brian Lowe © KISS Catalog Ltd
The Secret Society 300

Últimas notícias

SIGA O ROCKARAMA

35,027FãsCurtir
10,053SeguidoresSeguir
460SeguidoresSeguir

Leia também

Comentários

comentários