Devilstar: Tim ‘Ripper’ Owens, K.K. Downing e Les Binks participam em cover de ‘Beyond The Realms Of Death’

Versão homenageia os 40 anos do álbum “Stained Class”

Paul Crook, a força motriz do Devilstar | Foto: divulgação
Paul Crook, a força motriz do Devilstar | Foto: divulgação

O Devilstar, projeto encabeçado pelo produtor e guitarrista Paul Crook e o produtor executivo John Madera e descrito como a primeira banda interativa do mundo, lançou um teaser de seu single de estréia, um cover para ‘Beyond The Realms Of Death’, clássico do Judas Priest.

Com lançamento marcado para 1º de junho em todas as plataformas de streaming/download, ‘Beyond The Realms Of Death’ foi feito em comemoração ao 40º aniversário de “Stained Class”, o lendário álbum no qual a música apareceu originalmente. Além de Crook, a versão conta com a participação de três ex-integrantes do Judas Priest: o vocalista Tim “Ripper” Owens, o guitarrista K.K. Downing e baterista Les Binks, este co-autor da faixa com Rob Halford. Além desses, a homenagem ainda conta com o baixista Joey Vera (Armored Saint, Fates Warning).

Segundo Crook, a ideia de regravar ‘Beyond The Realms Of Death’ originou-se de um amor compartilhado ao Judas Priest entre Madera, Vera ele. “Eu estava falando com Joey sobre uma aproximação do Devilstar a Binks. Ele topou antes que eu pudesse terminar a frase”, relembra Crook.

“Demorou algum tempo para juntar essa música”, continua. “Eu moro em Nova Jersey. Les e K.K. vivem no Reino Unido, Ripper está em Ohio, e Joey está em Los Angeles. Les era a chave, pois ele mantinha todos nós ‘conversando’.”

A gravação começou em outubro, segundo Crook. “Eu fiz algumas diligências simples para formatar o fluxo trabalho e tempo. Então gravei todas as guitarras rítmicas e partes solo de Glenn e lancei o projeto para Les. Lembro-me de ligar para John quando recebi os arquivos de Les: ‘Nós temos Binks e ele está tocando muito bem!'”

Os próximos passos foram adicionar baixo, vocais e solo de Downing. “Eu fiz uma mix de bateria estéreo e enviei para o Joey”, diz Crook. “Ele mandou de volta duas grandes trilhas sonoras com lindos tons graves. Receber o solo isolado do KK também foi muito emocionante para mim. Pensando nisso agora, meus pelos do braço estão de pé. Então os arquivos do Ripper chegaram – uau! Ele realmente investiu tempo e me enviou várias faixas para trabalhar. Coloquei seu vocal e cuidadosamente mixei a música.”

Crook acredita que Devilstar fez jus à música: “Eu me sinto confiante de que todos os fãs de metal e hard rock vão adorar esta versão do aniversário de 40 anos de ‘Beyond The Realms Of Death’. Todos nós colocamos o amor, garantindo que os fãs do Judas Priest não ficariam desapontados. K.K. foi muito enfático sobre este ponto. Ele teve a palavra final sobre a mix. Eu mal posso esperar para que todos possam ouvi-la.”

Você pode escolher as próximas covers e músicos do Devilstar

‘Beyond The Realms Of Death’ será seguida por lançamentos individuais do Devilstar nos próximos meses, tratando-se de covers e material original, com a participação de outros nomes notáveis ​​de hard rock e metal, com Crook lidando com produção e mixagem, além de tocar violão. Enquanto várias faixas já foram gravadas para o lançamento, os fãs são convidados a mandar um e-mail para devilstarmusic@gmail.com para propor potenciais “dream teams” musicais e/ou sugerir músicas cover para o futuro.

A carreira de Paul Crook

Crook se destacou como guitarrista do Anthrax em meados da década de 1990, quando se apresentou e excursionou em apoio aos álbuns “Stomp 442” (1995) e “Volume 8: The Threat Is Real” (1998), o último dos quais ele também co-produziu. Em 1999, Crook começou um período de cinco anos como guitarrista de Sebastian Bach, ex-vocalista do Skid Row. Em 2004, ele foi pessoalmente escolhido e treinado por Brian May, guitarrista do Queen, para tocar suas partes de guitarra na produção musical de “We Will Rock You”, que se apresentou por um ano na faixa de Las Vegas no Paris Casino Hotel.

Nos últimos 15 anos, ele também atuou como guitarrista do Neverland Express, banda de Meat Loaf. Naquela época, ele se apresentou em quatro álbuns de estúdio Meat Loaf e três álbuns ao vivo/DVDs, incluindo “Bat Out Of Hell: Live With The Melbourne Symphony Orchestra” (2004) e “Bat Out of Hell III: The Monster Is Loose” (2006). Ele também produziu dois álbuns de estúdio mais recentes de Meat Loaf, “Hell In A Handbasket” (2011) e “Braver Than We Are” (2016).

Confira uma prévia da versão do Devilstar para ‘Beyond The Realms Of Death’:

Banner Burn Artworks

Últimas notícias

SIGA O ROCKARAMA

35,025FãsCurtir
10,048SeguidoresSeguir
460SeguidoresSeguir

Leia também

Comentários

comentários