Vinnie Vincent e Gene Simmons reunidos para a “Vault Experience”

Após idas e vindas no relacionamento e muitas polêmicas ao longo de mais de 35 anos, The Demon e The Ankh Warrior reatam laços e dividirão o mesmo palco

Vinnie Vincent na Atlanta Kiss Expo, no último mês de janeiro | Foto: reprodução
Vinnie Vincent na Atlanta Kiss Expo, no último mês de janeiro | Foto: reprodução

Vinnie Vincent, ex-guitarrista do Kiss, estará ao lado de Gene Simmons, antigo companheiro de banda, no evento “Vault Experience” em 14 de abril na cidade de Nashville, Tennessee (EUA). O baixista promove atualmente o “Gene Simmons – The Vault Experience: 1966-2016”, um conjunto abrangente e exclusivo de material solo que vem embalado em um cofre.

Não perca:
– Entrevista EXCLUSIVA no Rockarama | Kiss: o baú de segredos de Gene Simmons

“Para Gene, obrigado, meu amigo valioso. Estou orgulhoso e honrado em ser parte de você novamente e agradeço por este anúncio maravilhoso”, comentou Vinnie Vincent pelo Facebook. “Valorizo muito isso, você e nossa história incrível juntos. Estou ansioso para te ver.”

Vincent John Cusano, conhecido como Vinnie Vincent, na época em que se transformou em The Ankh Warrior, ao lado do Kiss | Foto: divulgação
Vincent John Cusano, conhecido como Vinnie Vincent, na época em que se transformou em The Ankh Warrior, ao lado do Kiss | Foto: divulgação

O guitarrista fez sua primeira aparição pública após mais de 20 anos durante a Atlanta Kiss Expo no último mês de janeiro. Em uma sessão de perguntas e respostas no evento, Vinnie Vincent disse que reconectar com Gene Simmons era “provavelmente a coisa mais bonita que aconteceu” com ele nos últimos anos. “Eu amo Gene”, afirmou. “Naquela época ele me apoiou tanto.”

“Tenho um endereço de e-mail que não chequei durante mais ou menos cinco anos”, revelou Vincent. “Era um endereço que eu usava apenas para ver como as coisas estavam nos negócios e, como eu não estava ativo, nunca mais verifiquei. Não sei o que aconteceu, algumas vezes forças nos levam a fazer algo sem explicação, mas na noite de Natal pensei que era melhor verificar aquele e-mail, apenas para ver se ainda estava ativo. Daí me deparo com três mensagens de Gene. Fiquei pensando o que eu teria feito de errado agora… [Risos] Olhei para as datas dos e-mails, e eram de junho e julho, mas estávamos em dezembro. Abri o primeiro e tinha a ver com o ‘The Vault’. Compusemos juntos muitas músicas na época do ‘Revenge’, e acho que uma das minhas canções favoritas, ‘I Wanna Live’, entrou no material de Gene. Duas semanas depois da data original, ele tinha enviado o segundo e-mail, e também não obteve resposta. Então mandou mais um em julho, e sem resposta de Vinnie. Eu poderia apostar que ele estaria bravo comigo. Eu li todos os três e-mails, e eu respondi: ‘Eu te amo, sinto sua falta, venha aqui em casa’. Então, começamos a trocar e-mails novamente. Ele disse que gostaria de ter ‘I Wanna Live’ em ‘ The Vault ‘, e me convidou participar no placo do evento em Nashville e encontrá-lo novamente. Afirmei que as coisas que ele disse sobre mim no passado já haviam sido superadas e que gostaria que soubesse que ainda o amo. Sempre amarei. Tivemos muitas coisas boas. Vamos seguir em frente. A vibração do e-mail foi excelente.”

Kiss em 1982: Eric Carr, Paul Stanley, Vinnie Vincent e Gene Simmons | Foto: divulgação
Kiss em 1982: Eric Carr, Paul Stanley, Vinnie Vincent e Gene Simmons | Foto: divulgação

Vinnie ingressou no Kiss em 1982, substituindo Ace Frehley. Como o The Ankh Warrior, ele fez uma turnê para o “Creatures of the Night” (1982), álbum, inclusive, que ele havia gravado guitarra principal em seis músicas, antes mesmo de se tornar um membro oficial da banda. Já integrado, participou do “Lick It Up” (1983), primeiro álbum do Kiss sem maquiagem. No registro, Vincent co-escreveu oito das dez músicas, incluindo a faixa-título, que se tornou um clássico absoluto.

Apesar do sucesso do álbum, Vinnie Vincent foi demitido pelo Kiss depois que a turnê de “Lick It Up” chegou ao fim. A alegação foi uma disputa sobre termos de seu contrato de trabalho com a banda e os royalties. Em seguida montou o Vinnie Vincent Invasion, que lançou os álbuns “Vinnie Vincent Invasion” (1986) e “All Systems Go” (1988).

Em 1992, Vincent se reaproximou de Gene Simmons e Paul Stanley para escrever três músicas para o álbum “Revenge”, incluindo os dois primeiros singles do disco, ‘Unholy’ e ‘I Just Wanna’. O relacionamento rapidamente deteriorou mais uma vez. Quatro anos depois, Vincent lançou um EP solo, “Euphoria”, que contou com a voz de Robert Fleischman (VVI) e incluiu material de sessões gravadas em 1990. Logo depois disso, Vincent desapareceu dos holofotes e assim permaneceu por mais de duas décadas.

Não perca:
– Entrevista EXCLUSIVA no Rockarama | Bruce Kulick relembra “Revenge”, do Kiss

Nos últimos anos, Vinnie Vincent tem sido objeto de vários rumores sobre sua identidade de gênero, incluindo o fato de ter aderido ao cross-dressing e que passou por uma mudança de sexo.

"The Vault Exeprience", de Gene Simmons, terá participação de Vinnie Vincent | Imagem: divulgação
"The Vault Exeprience", de Gene Simmons, terá participação de Vinnie Vincent | Imagem: divulgação
The Secret Society 300

Últimas notícias

SIGA O ROCKARAMA

35,301FãsCurtir
10,168SeguidoresSeguir
461SeguidoresSeguir

Leia também

Comentários

comentários