Os Defensores: heróis desajustados, problemáticos e… cósmicos?

Os Defensores nem sempre foram o tipo de equipe que a série que a Netflix aparenta abordar a partir de agosto

O universo urbano e mais visceral mostrado pelas séries da parceria Marvel/Netflix | Foto: divulgação
O universo urbano e mais visceral mostrado pelas séries da parceria Marvel/Netflix | Foto: divulgação

A série dos Defensores nos traz mais uma equipe de super-heróis do MCU, dessa vez mais focada no universo urbano e mais visceral mostrado pelas séries da parceria Marvel/Netflix. Entretanto, enquanto ela reúne o Demolidor, Jessica Jones, Luke Cage e o Punho de Ferro, heróis mais “pé no chão”, os Defensores nem sempre foram esse tipo de equipe, na verdade muito pelo contrário.

Contando originalmente com Dr. Estranho, Namor, e o Hulk, a equipe apareceu pela primeira vez em 1971 e tinha como objetivo proteger o planeta Terra de forças extra-dimensionais. Sua primeira missão aconteceu quando o Dr. Estranho precisou da ajuda do Namor e do Hulk para resolver um problema com entidades interplanares conhecidas como os “Undying Ones” – aqui uma referência claríssima a H.P. Lovecraft.

Entretanto, após aquela missão, Hulk e Namor prometeram nunca mais trabalhar juntos, o que foi a primeira amostra da essência dessa equipe, conhecida como o “Marvel’s classic non-team”. Dinâmica essa que provavelmente será levada para a versão urbana do time na Netflix, também formada por heróis que não suportam a companhia de outros (e em alguns casos não suportam nem a si mesmos).

The Defenders (1971)
The New Defenders

Voltando à versão dos quadrinhos, mesmo após esses acontecimentos, Stephen Strange sabendo que o grupo eventualmente se faria necessário, nunca largou a ideia. Ao longo dos anos, reuniu o grupo diversas vezes, e em várias formações, chegando a ganhar uma série de revistas, que contavam com heróis que haviam perdido suas revistas individuais e estavam na “geladeira”.

Pela formação da equipe passaram heróis como o Surfista Preatedo e a Valquíria, além do Falcão Noturno e o Gavião Arqueiro. Entretanto, com o passar dos anos, os principais membros acabaram tomando caminhos diferentes e decidindo que a interação de seus poderes poderia culminar em uma ameaça pra Terra (fato decorrente de uma profecia alienígena e uma fraca vendagem das revistas), encerrando a formação original dos Defensores.

Ao longo dos anos, como toda equipe de super-heróis, entre profecias, brigas e vendagens, os Defensores passaram por inúmeras formações, que possuíram X-Men, Vingadores, e até a volta de ex-membros. Atualmente, durante a controversa saga Secret Empire os Defensores, hoje liderados por Luke Cage já se fizeram presentes.

A atual formação que veremos na série não vai proteger o mundo de uma ameaça cósmica Lovecraftiana, mas com certeza estamos prestes a ver uma forte dinâmica de grupo, com heróis desajustados, humanos com problemas humanos que, apesar de suas habilidades extraordinárias, têm problemas que eu ou você podemos ter. A essência dos Defensores, ao que tudo indica, não está nos poderes e nas ameaças, mas em uma equipe que se vê forçada a lutar junto por um bem maior, aprendendo a lidar com a presença de companheiros, e que talvez consiga se salvar enquanto salva Nova York.

Últimas notícias

SIGA O ROCKARAMA

36,545FãsCurtir
386SeguidoresSeguir
212SeguidoresSeguir

Leia também

Comentários

comentários