Filme do Queen finalmente sairá do papel

Passados percalços, “Bohemian Rhapsody” começará a ser rodado e tem previsão de lançamento para o fim de 2018; Rami Malek será Freddie Mercury

Rami Malek interpretará Freddie Mercury em "Bohemian Rhapsody", filme do Queen | Foto: divulgação

Depois de viajar por uma longa e tortuosa estrada, o filme do Queen finalmente está com o script completo, um diretor que aceitou o desafio e o elenco escolhido. O projeto, chamado “Bohemian Rhapsody”, está prestes a começar a filmagem.

Visto tanto como a história da banda quanto Freddie Mercury, acredita-se que a película focará tanto nos primeiros anos do Queen quanto na continuação após a morte de seu vocalista. Porém, o projeto iniciou e parou várias vezes até chegar ao ponto em que está agora, passando por vários roteiristas, diretores e atores que se juntaram à equipe criativa e que a deixaram por razões diversas.

Stephen J. Rivele e Christopher Wilikinson, que escreveram roteiros para os filmes da vida de Muhammad Ali e Richard Nixon, foram as escolhas originais para “Bohemian Rhapsody”. Depois, disseram que o roteirista indicado ao Oscar, Anthony McCarten (“A Teoria de Tudo”) iria se juntar ao projeto, mas foi substituído por Justin Haythe (“Foi Apenas um Sonho”). A cadeira de diretor foi tão caótica quanto. Falava-se que tanto Stephen Fears (“Alta Fidelidade”, “Os Imorais”) e Dexter Fletcher seriam os diretores, antes de saírem, o que levou a Bryan Singer sendo o escolhido. Mas a mudança mais pública aconteceu quando Sasha Baron Cohen (“O Ditador”, “Borat”), que estava cotado para interpretar Freddie Mercury, saiu do projeto devido a diferenças criativas com a banda em 2013. O ator britânico Ben Whishaw (“007- Operação Skyfall”, “007 Contra Spectre”) foi cogitado para o seu lugar, mas isso também não deu certo.

“Agora vai acontecer mesmo”, anunciou oficialmente o guitarrista Brian May no último mês de julho. “Estamos há doze anos nessa trilha, mas acho que estamos muito próximos de um anúncio que significará que a Fox deu luz verde para liberar o dinheiro. Demoramos esse tempo todo para conduzir a coisa da melhor forma, para que se fizesse justiça a Freddie. Só temos uma chance para fazer isso e é essa.”

A produção deve começar no terceiro trimestre de 2017 com lançamento previsto para o Natal de 2018.

Rami Malek, Gwilym Lee, Joe Mazello e Ben Hardy com seus repetitivos papéis | Foto: reprodução
Rami Malek, Gwilym Lee, Joe Mazello e Ben Hardy com seus repetitivos papéis | Foto: reprodução

Confira os atores, o diretor e o roteirista que foram confirmados para o filme:

Rami Malek, como Freddie Mercury
A estrela da série “Mr. Robot” será o ator principal do filme. Ele já trabalhou na trilogia “Uma Noite No Museu” e em “A Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 2”

Gwilym Lee, como Brian May
Já participou do filme “O Turista”, é ator de teatro e estrelou na série de detetive britânica, “Midsomer Murders”. “Estou muito empolgado em anunciar que interpretarei o Dr. Brian May em ‘Boheman Rhapsosdy’. Agora preciso praticar”, ele tweetou.

Ben Hardy, como Roger Taylor
Ben é mais conhecido por seu papel como Arcanjo em “X-Men – Apocalipse” com o qual deve ter impressionado o diretor Bryan Singer, já que voltam a trabalhar juntos. Ben está fazendo aulas de bateria para o papel.

Joe Mazello, como John Deacon
Joe Mazello ficou conhecido recentemente por seu papel em “A Rede Social”, mas é uma estrela desde criança. Foi muito elogiado por seu papel no primeiro “Jurassic Park – O Parque dos Dinossauros”, no qual interpretou o garotinho Tim Murphy.

Bryan Singer: direção
Bryan é conhecido por filmes de super-heróis como a série “X-Men” e “Superman – O Retorno” e pelo suspense “Os Suspeitos”. Segundo a banda: “Se você já assistiu aos filmes dos X-Men de Singer ou ao inovador ‘Os Suspeitos’ sabe que esse é um diretor com imaginação e estilos extraordinários.”

Justin Haythe: roteiro
O roteirista e escritor Justin Haythe fez a adaptação para cinema de “Foi Apenas um Sonho”.

A banda fez questão de dizer que a icônica performance no “Live Aid” em 1985 será recriada como uma sequência chave no filme. O Queen tocou com bandas enormes como U2, David Bowie, Elton John e The Who, mas Freddie Mercury roubou a cena em um set-list que incluiu “Bohemian Rhapsody”, “Crazy Litle Thing Called Love” e o final com “We Will Rock You” e “We Are The Champions”. Dave Grohl do Foo Fighters disse uma vez: “Toda banda deveria estudar o Queen no Live Aid”.

Sioux 66 banner

Últimas notícias

SIGA O ROCKARAMA

34,799FãsCurtir
9,911SeguidoresSeguir
464SeguidoresSeguir

Leia também

Comentários

comentários