Brasil tem três filmes selecionados para o Festival de Locarno

Produções nacionais serão exibidas em festival suíço, que acontece entre os dias 2 e 12 de agosto

Festival de Locarno: os longas-metragens "As boas maneiras", "Severina" e "Era uma vez Brasília" serão exibidos durante os 10 dias de mostra suíça | Divulgação
Festival de Locarno: os longas-metragens "As boas maneiras", "Severina" e "Era uma vez Brasília" serão exibidos durante os 10 dias de mostra suíça | Divulgação

Conhecido pela atenção que dá ao cinema independente, o Festival de Locarno 2017 tem três produções brasileiras entre as obras selecionadas. Os longas-metragens “As boas maneiras”, “Severina” e “Era uma vez Brasília” serão exibidos durante os 10 dias de mostra suíça – entre 2 e 12 de agosto.

Dirigido por Juliana Rojas e Marco Dutra, “As boas maneiras” é um filme de terror e aventura sobre uma criança de 7 anos que tem poderes especiais e que, por causa disso, afugenta todas as babás que seus pais tentam contratar. Coprodução franco-brasileira, o longa, que foi selecionado para a Competição Internacional do evento, contou com recursos do Fundo Setorial do Audiovisual em sua produção.

Já “Severina”, de Felipe Hirsch, é uma coprodução Brasil/Uruguai que traz uma história sobre a obsessão do amor e que estará na mostra Cineastas do Presente. Misto de documentário e filme de ficção, “Era uma vez Brasília”, com direção de Adirley Queirós, foi selecionado para a mostra Sinais de Vida. As três produções ainda não têm previsão de estreia nos cinemas brasileiros.

O Brasil já teve vencedor no Festival de Locarno. Foi em 1967, com “Terra em transe”, de Glauber Rocha.

Últimas notícias

SIGA O ROCKARAMA

36,552FãsCurtir
381SeguidoresSeguir
214SeguidoresSeguir

Leia também

Comentários

comentários