Biff Byford (Saxon) desaprova hologramas para turnês com músicos falecidos

Vocalista do quinteto britânico diz preferir DVD a um show com holograma

Biff Byford atualmente promove "Thunderbolt", 22º álbum do Saxon | Foto: Kai Swillus
Biff Byford atualmente promove "Thunderbolt", 22º álbum do Saxon | Foto: Kai Swillus

Biff Byford, vocalista e líder da lendária banda britânica Saxon, diz que não gostar da ideia de músicos falecidos retornarem aos palcos através do uso da tecnologia do holograma.

O assunto ganhou destaque após o lançamento da turnê “Dio Returns: The World Tour”, que traz o vocalista Ronnie James Dio de volta aos palcos em holograma, ao lado de vários ex-companheiros de banda. A iniciativa, realizada pela produtora Eyellusion em parceria com Wendy Dio, esposa ex-manager do músico, tem recebido repercussão variada entre fãs e músicos, com críticas na qualidade de performance ou relatando a experiência como “assustadora”.

Recentemente questionado pelo site holandês Lords Of Metal sobre o quanto “normal” isso se tornaria no futuro, Biff Byford foi enfático em dizer que não gosta da ideia de holograma. “Eu preferiria assistir a um DVD em vez disso. Felizmente, não há muitas pessoas interessadas nesse tipo de coisa, então eu não acho que isso seja levado a estádios ou algo do gênero. A tecnologia tem que melhorar muito para torná-la interessante. Penso que é mais uma curiosidade que as pessoas querem ver, e não tenho certeza se continuarão a vê-lo.”

“Pessoalmente, não gosto disso”, continuou o vocalista do Saxon. “Há algo um pouco errado com isso ao meu ver. Eu realmente não estou interessado, para ser honesto, e eu não acho que vai ser uma grande coisa. Se eles fizessem isso em Las Vegas e eles colocassem Elvis Presley, talvez isso funcione. Embora eu não tenha certeza se Elvis teria gostado disso.”

A versão em holograma de Dio, que faleceu em 2010 aos 67 anos após perder uma batalha contra o câncer de estômago, estreou na edição de 2016 do festival alemão Wacken Open Air. Agora em turnê, o show áudio das apresentações ao vivo de Ronnie ao longo de sua carreira e tem uma banda de apoio real, a Dio Disciples, composta por Craig Goldy (guitarra), Simon Wright (bateria), Scott Warren (teclado) e Bjorn Englen (baixo), além das participações dos vocalistas Tim “Ripper” Owens (ex-Judas Priest) e Oni Logan (Lynch Mob).

Recentemente a Eyellusion também anunciou a turnê “The Bizarre World Of Frank Zappa”, que será lançada até o final deste ano trazendo o lendário guitarrista e vocalista Frank Zappa de volta aos palcos no formato holográfico.

Enquanto isso, Biff Byford lançou no último dia 2 de fevereiro, pela Militia Guard (Silver Lining Music), “Thunderbolt”, o 22º álbum do Saxon. O material foi produzido por Andy Sneap e teve a capa criada por Paul Raymond Gregory.

Sioux 66 banner

Últimas notícias

SIGA O ROCKARAMA

34,700FãsCurtir
9,883SeguidoresSeguir
462SeguidoresSeguir

Leia também

Comentários

comentários